Expedições

Aprendi na pratica o poder do planejamento, equipe e a superar desafios não previstos.

Apaixonado pela Natureza, sempre procurei usar o esporte como plataforma para conhecer lugares sensacionais.

A partir dai, fui para Antártica correr minha primeira ultramathona. Na sequência continuei trilhando competições pelo mundo todo, o Deserto do Saara, Chile, Nepal, entre outros.

Na Ida para Nepal afim de correr uma ultra maratona, resolvi escalar uma montanha chamada Island. Peak, com 6.200m. Foi extremamente desafiador, ao mesmo tempo, mudou meu foco!
Percebi que para qualquer corrida existia uma organização e que a qualquer momento, poderia desistir e tentar novamente, enquanto que em uma montanha de grande altitude, se você desistir, você morre! Ninguém é capaz de te socorrer acima dos 7.000m. Logicamente o desafio me impulsionou. Passei a escalar montanhas! Dentre elas: